google.com, pub-5684687435785895, DIRECT, f08c47fec0942fa0

Economia

IBGE aponta deterioração no mercado de trabalho no 3º trimestre de 2020

De acordo com as últimas estatísticas publicadas pelo IBGE na pesquisa PNAD-Contínua, o mercado de trabalho brasileiro segue em piora, mesmo com outros indicadores econômicos apontando recuperação da atividade desde abril. A taxa média de desemprego atingiu 13,3% no 3º trimestre de 2020, antes era de 12,2% no 2º trimestre, o que é explicado por uma redução histórico da população ativa (-8,5%) enquanto o número de desempregados manteve-se estatisticamente estável em comparação com o trimestre anterior.

A taxa de subutilização da força de trabalho atingiu um máximo histórico de 29,1% em setembro (versus 24,4% no primeiro trimestre de 2020). Ao mesmo tempo, a taxa de emprego caiu para 47,9% (em comparação com 53,5% no 2º trimestre de 2020) tendo uma leve recuperação de 5,6%, a mínimo histórico.

Veja ainda:

A evolução trimestral é explicada por uma queda muito acentuada da população ocupada (-9,6%), a par do aumento da população em idade activa (+ 0,9%). A população inativa fora do mercado de trabalho aumentou + 15,6%, o que gerou um aumento espetacular de 19,1% no número de “pessoas desanimadas à procura de emprego”.

Segundo dado do IBGE, atualmente são 5,7 milhões de brasileiros que desistiram de procurar emprego, tornando-se o maior número da série histórica.

O nível de informalidade trabalhista também diminuiu, atinge hoje 36,9% da população ocupada (menor nível desde 2016), no trimestre móvel anterior era de 39,9%. Essa tendência ilustra a saída do emprego de trabalhadores informal, em vez de sua transferência para o setor formal, o que é tanto mais problemático quanto esses trabalhadores são vulneráveis ​​no caso de um problema de saúde, situação de trabalho perigosa ou perda de emprego, uma vez que não não estão segurados contra esses perigos.

Últimas Notícias

Economia

Governo planeja crescimento nos empregos em 2021

17/11/2020

O secretário de Política Econômica do Ministério da Economia, Adolfo Sachsida, afirmou hoje (17) que o governo federal vem bolando estratégias para ápice nas vagas de emprego em 2021,...